quarta-feira, 13 de maio de 2009

Como fazer Folhas Moedas para decoração? Esqueletização


De um clique na imagem acima... Dá para ver o efeito do trabalho de esqueletização na folha!!!

Fiquei muito curiosa para saber como é feito a secagem, a coloração dessas folhas. Procurando na net achei esse post. Vou tentar...



A esqueletização é um processo que ocorre espontaneamente na natureza, pela ação de larvas e insetos, que extraem da planta toda a clorofila, deixando aparentes suas complexas e fascinantes estruturas vasculares.

A fim de revelar aos olhos humanos toda a beleza escondida sob o manto verde da clorofila das folhas, no esforço de imitar intencionalmente a natureza, artesãos desenvolveram há centenas de anos o processo de esqueletização.


A esqueletização de folhas produz uma matéria-prima que têm aparência muito delicada, algumas assemelhando-se a rendas de finíssima trama, outras a organzas de seda, outras ainda lembrando o oriental papel-arroz.


Celulose pura, as folhas esqueletizadas são superduráveis, flexíveis e moldáveis, emprestando sua beleza a um sem-número de aplicações. Elas podem ser usadas individualmente, para decoração e revestimento, em embalagens, luminárias, móveis, paredes, para a arte floral, na confecção de flores dos mais variados formatos, para aplicação em artigos de papelaria e scrapbooking, e várias outras utilidades, variando a criatividade de cada artesão que as manipula. Em tons naturais, neutros, assim como clareadas ou tingidas nas mais diversas cores criei a Coleção Folhas do Cerrado.

A colheita das folhas é feita no dia anterior à produção. São usadas principalmente folhas decíduas, que caem das árvores num processo natural de renovação.

1º passo:

Limpeza das folhas deixando-as isentas de qualquer sujeira e pó.

2º passo:

Coloca-se as folhas no recipiente cobrindo-as de água destilada (de preferência da chuva). Deixar o recipiente em local fresco e sem luz durante cinco a seis semanas, ou até que seja notado o envelhecimento das folhas.

3º passo: logo após deve-se proceder uma limpeza utilizando uma escova apropriada para se retirar à seiva, deixando somente os veios mais espessos ou aparentes. A dureza da escova a ser aplicada esta diretamente relacionada com a da folha. É importante lembrar que durante o processo de repouso das folhas não pode acabar a água da bandeja ou recipiente, sempre deixá-las hidratadas durante todo o tempo.

4º passo: Após a limpeza podem-se branquear as folhas, adicionando uma pequena quantidade de cloro e mantendo as folhas por algumas horas. Posteriormente deve ocorrer a secagem e uma nova limpeza. A última etapa é a prensagem para que no dia seguinte estejam prontas para a utilização.

As folhas também podem ser cozidas em alta temperatura e em seguida lavadas uma a uma, com grande cuidado, para que a clorofila seja removida, revelando suas nervuras. Em seguida são colocadas para secar ao natural, algumas individualmente e outras em maços. Podem ser deixadas na cor natural, que apresenta tons terrosos e neutros, e podem também ser clareadas e tingidas nas mais diversas cores.


Site: http://yasaibiojoias.blogspot.com/2009/03/o-que-e-esqueletizacao.html

Um comentário:

  1. olá, adorei essa tecnica , e muito linda. sou artesa aqui de uberlandia MG mais nao levo isso como profissao, só robe mesmo, queria saber em que se cozinha as folhas, se é em agua pura ou se tem alguma mistura e quanto tempo de cozimento, agradeço se me respondesse. obrigada pela atençao.
    vanessa lemes vanessaddans@yahoo.com.br

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O que você procura no blog?

IMPORTANTE

Muitas fotos e textos são retiradas da Internet.Se você detém algum direito autoral sobre algum material, entre em contato comigo, eu o removerei ou colocarei os devidos créditos.Estou aqui somente para divulgar meu gosto pela a arte de contribuir com as pessoas! Abraços